nada do que vivemos tem sentido…

“nada do que vivemos tem sentido
se não tocarmos o coração das pessoas.
muitas vezes basta ser: colo que acolhe;
braço que envolve;
palavra que conforta;
silêncio que respeita;
alegria que contagia;
lágrima que corre;
olhar que sacia;
amor que promove.
e isso não é coisa do outro mundo:
é o que dá sentido à vida.”
(Cora Coralina)

Anúncios

Material Básico Scrapbooking Artesanal – parte 1

1 – Base para corte
2 – Régua de metal
3 – Estilete, tesoura comum e tesoura de precisão
4 – Cola livre de ácido (‘acid-free’)
5 – Lápis, borracha e caneta
6 – Fita dupla face e fita ‘banana’

FERRAMENTAS ESSENCIAIS

O scrapbooking surgiu como um hobby há mais de 100 anos e está cada vez mais presente nos dias de hoje. É a arte de decorar álbuns de fotografias e guardar memórias de uma maneira criativa e especial. Sempre que alguém quer iniciar no scrapbooking, surge a dúvida:
‘o que é preciso para começar?’
E aqui eu dou a dica de materiais básicos e fáceis de serem encontrados em lojas de artesanato, armarinhos e papelarias. São eles:

1 – Base para Corte: Base de borracha ou vidro, com marcações em centímetros e/ou polegadas. Ideal para auxiliar na marcação de medidas e também para a proteção de seus móveis com o uso do estilete, da tesoura, colas e tintas.

2 – Régua de Metal: Encontrada em diversos tamanhos e é ideal para o uso juntamente com o estilete. Ao passarmos o fio do estilete, a lâmina poderia danificar outros materiais como plástico e madeira.

3 – Estilete: De qualquer tamanho, mas que seja confortável para trabalhar; Tesouras: Tenha sempre tesouras próprias para cada tipo de material – uma apenas para o corte de papéis, outra para cortes em tecidos e ainda outra para cortes de fitas adesivas. Isto porque a tesoura pode perder o fio ao cortar diversos tipos de material, o que prejudicaria na precisão e acabamento dos projetos; Tesoura de precisão: É uma tesoura com lâmina especial e de ponta bem fina muito apropriada para recortes perfeitos.

4 – Cola: Cola branca, em gel, em bastão ou em spray. Atualmente existem vários tipos de colas disponíveis no mercado. A sugestão é que esta cola seja livre de ácido. O ácido corrói as fotos, e com o passar dos anos dá aquele aspecto amarelado e feio nas fotos (por isso que os álbuns antigos de família ficavam amarelados). A cola própria para scrap é um pouco mais cara do que as colas comuns, mas vale o investimento.

5 – Lápis, Caneta e borracha: Como em qualquer atividade, é muito importante termos esses 3 materiais simples. Usados basicamente para a escrita, mas se as canetas forem do tipo ‘tinteiro’ ou em gel e coloridas, dá para usar de várias formas, desenhando, contornando, decorando… basta usar a criatividade. Lápis ou lapiseira com grafite macio e borracha macia, tudo para não ‘machucarmos’ os papéis dos nossos projetos de scrapbooking.

6 – Fita adesiva dupla-face e fica banana ou 3D: Utilizadas basicamente para colar papéis e fotografias. A fita 3D ou fita banana é usada para dar dimensão, deixando os papéis ou elementos mais ‘altinhos’.

E estas são as ferramentas básicas necessárias para qualquer scrapper iniciante ou até mesmo as mais experientes. Num próximo artigo eu falarei mais sobre os outros materiais básicos que são necessários: Os papéis e elementos mais utilizados.

beijocas e até mais!